Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Sábado, 28 de Novembro de 2020

Policial

Fotos íntimas de uma militar circulam via aplicativo por smartphones

A veiculação da possível Tenente estaria sendo espalhada em sites e nas Redes Sociais de acordo com o Fronteira News.

Midiamax

17 de Janeiro de 2014 - 08:37

Ainda identificada apenas como Renata, uma jovem teve em Mato Grosso do Sul fotos íntimas suas repassadas a vários celulares por meio do aplicativo de mensagens WhatsApp. Nas imagens ela chega a posar com o uniforme do Exército em um espaço similar a um vestiário.

A moça na distribuição das fotos é descrita em uma patente significativa das Forças Armadas. A veiculação da possível Tenente estaria sendo espalhada em sites e nas Redes Sociais de acordo com o Fronteira News.

Caso a moça resolva denunciar a veiculação poderá prestar queixa na Delegacia por crimes injúria e difamação. A pena para autoria desse tipo de infração penal é de até um ano e 11 meses de detenção além do pagamento de uma indenização se a vítima pleitear danos morais na Justiça.