Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Quinta, 20 de Junho de 2024

Policial

Gaeco investiga diárias de funcionários da Câmara de Glória e Deodápolis

Além dos documentos, a intenção é chamar ao menos cinco funcionários para prestarem depoimento

Midiamax

03 de Agosto de 2012 - 10:47

Às 8h desta sexta-feira (3), momento de abertura de expediente nas câmaras municipais das cidades de Glória de Dourados e Deodápolis, distante a 260 quilômetros da Capital, foi deflagrada a Operação Curupira, comandada pela Gaeco (Delegacia de Combate ao Crime Organizado) e o Ministério Público Estadual.

Sob a coordenação do promotor Alex Vera, 20 homens estão dispersados nas duas cidades com a intenção de recolher documentos de diárias de viagens que não teriam sido feitas e também de empréstimos consignados.

As ações de investigação tiveram início após uma denúncia anônima e contam com o apoio das promotoras regionais Cláudia Loureiro Almirão e Amilka Araújo Carneiro Júnior. Além dos documentos, a intenção é chamar ao menos cinco funcionários para prestarem depoimento.

O nome no qual a operação foi batizada se deve ao fato do Curupira, segundo a crença do folclore popular, ser um animal que “anda para trás e nunca chega a lugar nenhum”. Mais informações serão divulgadas no início da tarde de hoje, segundo a assessoria de comunicação do Ministério Público Estadual.