Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Terça, 18 de Maio de 2021

Policial

Gaeco prende diretores de presídio; vereador também é alvo de operação

Os comerciantes detidos, segundo o MP, eram parentes de presos e auxiliavam nos crimes.

Correio do Estado

23 de Janeiro de 2017 - 13:00

Operação Xadrez realizada desde o início desta segunda-feira pelo Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco), em Corumbá, prendeu diretores de dois presídios da cidade e tem vereador como alvo.

De acordo com o Ministério Público, além dos diretores dos presídios de regime fechado e semiaberto, Ricardo Wagner Lima do Nascimento e Douglas Novaes Vilas, presos e comerciantes também foram detidos. Eles integrariam grupo criminoso que traficava drogas e ainda cometia crimes como corrupção, peculato e falsidade documental.

Os comerciantes detidos, segundo o MP, eram parentes de presos e auxiliavam nos crimes.

O Estabelecimento Penal da cidade, que é de segurança média, é o principal alvo da operação. No entanto, segundo apurou o site Capital do Pantanal, casa do vereador reeleito Youssef El Sala (PDT) também foi alvo de buscas.

Com auxílio de equipes do Batalhão de Choque e do Batalhão de Operações Especiais de Campo Grande, servidores do Gaeco cumprem 22 mandados de busca e apreensão, prisão e condução coercitiva em 12 pontos da cidade.

 Agência Estadual de Administração Penitenciária (Agepen) e a Secretaria de Justiça e Segurança Pública (Sejusp) não divulgaram mais detalhes sobre a operação.