Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Terça, 17 de Maio de 2022

Policial

Homem que matou ex e fez ritual macabro morre envenenado, diz polícia

Osmar trabalhava como operador de máquinas agrícolas e foi encontrado morto em área de vegetação, próximo da BR-158.

Correio do Estado

01 de Dezembro de 2015 - 10:15

Osmar Antônio da Silva Rodrigues, 34 anos, que matou a ex-convivente Flaviana Luiz Batista, 23, enforcada, foi encontrado morto, no começo da manhã desta terça-feira (1º). A suspeita é que ele tenha sido envenenado, segundo a polícia.

Flaviana foi assassinada ontem (30), na casa onde morava com o autor do crime, apesar de estarem separados há dois meses, e um filho. A polícia identificou que a jovem morreu enforcada com corda ou cadarço. Fato que causou estranheza foi que, aos pés da jovem, Osmar havia deixado espalhadas fotografias dela, dele e do filho. O homicídio teria sido motivado por ele não aceitar a divisão da casa na separação.

Osmar trabalhava como operador de máquinas agrícolas e foi encontrado morto em área de vegetação, próximo da BR-158.

A polícia trabalha para esclarecer as circunstâncias da morte do homem. O delegado Francisco Antônio Moreira que trabalha no caso, preferiu não comentar, por enquanto, o andamento das investigações. Também não passou mais informações sobre a suspeita de ter havido envenenamento.

Segundo a polícia, Osmar já tinha passagem pelo crime de violência doméstica.

Veja: Depois de matar ex-convivente enforcada, homem faz ritual macabro