Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Quarta, 21 de Outubro de 2020

Policial

Indígena que foi agredido por grupo morre no Hospital da Vida

De acordo com o site Dourados News, André foi encontrado pela mãe, Lourdes Cabreira

Campo Grande News

14 de Fevereiro de 2014 - 10:39

O indígena André da Silva Cabreira, 27 anos, que foi espancado no domingo (9), morreu no Hospital da Vida nesta quarta-feira (13), em Dourados, distante 233 quilômetros de Campo Grande.

De acordo com o site Dourados News, André foi encontrado pela mãe, Lourdes Cabreira, caído na Avenida Guaicurus com vários ferimentos pelo corpo e com sinais de espancamento.

Ainda conforme o site, no momento em que a vítima foi socorrida para a unidade hospitalar, a vítima contou que foi agredida por um grupo, sendo um deles a esposa Sandra, e uma pessoa identificada por Paraguaio.

O caso está sendo investigado pela Polícia Civil do município. André morava na aldeia Bororó.