Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Quarta, 30 de Setembro de 2020

Policial

Indígenas expulsam funcionário da Energisa que foi cortar energia de igreja na Aldeia Tereré

Funcionário teria sido agredido com tapas pelos homens sendo obrigado a religar à luz do local da igreja.

Flávio Paes/Região News

18 de Junho de 2020 - 08:03

O funcionário da Energisa, F.F.S, registrou boletim de ocorrência na Delegacia de Policia, para denunciar que foi agredido pelo cacique da Aldeia Tereré e um agente da Funai (Fundação Nacional Indígena) quando esteve no local para efetivar o corte de energia de uma igreja da comunidade.

Segundo seu relato quando se preparava para deixar a aldeia, logo após efetuar o corte, foi abordado por um grupo de indígenas, liderados pelo cacique, que questionaram sua presença no local onde só poderia entrar com autorização.

Neste momento, o funcionário teria sido agredido com tapas pelos homens sendo obrigado a religar à luz do local da igreja.