Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Segunda, 17 de Junho de 2024

Policial

Jovem é morto a tiros em bairro de Campo Grande após discussão por namorada

A apesar dos apelos de Maria para que não fizessem nada, já que havia crianças no local, Diego foi morto no banheiro da casa

Midia Max

09 de Julho de 2012 - 03:29

O jovem Diego Maziero Coelho (29) foi executado com pelo menos quatro tiros e uma facada, por volta das 11h da manhã deste domingo (08), no Jardim Presidente, em Campo Grande.

Conforme as primeiras informações passadas pela policia, Diego teria se envolvido em uma briga na última quarta-feira, durante a exibição do jogo Corinthians e Boca Junior. Os suspeitos pela execução de Diego são os jovens conhecidos como Caio Bocão e Leonardo sem dedo e um terceiro, que ainda não foi identificado.

Foto: DivulgaçãoOs três teriam se encontrado em uma das ruas do bairro no fim da manhã de hoje e Diego foi atingido por um golpe de faca. Ele acabou fugindo e se escondeu na casa de uma moradora do bairro, Marli Maria, que teve a residência invadida por três suspeitos. A briga durante o jogo teria começado por causa da namorada de um dos envolvidos.

A apesar dos apelos de Maria para que não fizessem nada, já que havia crianças no local, Diego foi morto no banheiro da casa. A polícia não confirma o nome, mas pelo menos um dos suspeitos já está preso. Os outros dois teriam fugido para um matagal, na região norte de Campo Grande.

De acordo com Marli Maria, no momento em que teve sua casa envadida, a filha e um dos netos estavam com ela. Um dos suspeitos de matar Diego entrou e conseguiu atingí-lo com um disparo, ainda na cozinha. A filha de Marli conseguiu esconder a avó e neto debaixo da cama de um dos quartos. Também moram na casa, uma segunda filha e mais uma neta, que haviam saindo minutos antes.

Marli, que sofre de problemas do coração, disse a equipe de reportagem que está no local que foi Deus quem protegeu a ela e a família. "Foi um milagre não ter sobrado nada para nós também. Nem dentro da própria casa temos mais sossêgo", disse.