Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Sábado, 24 de Outubro de 2020

Policial

Jovens dizem que mataram pedreiro com socos em MS por serem

Jovens mataram o pedreiro com socos e chutes por serem “roqueiros” e “nazistas

Midia Max

05 de Agosto de 2014 - 14:35

Leandro de Souza Ferreira, de 19 anos, e o adolescente de 16 anos se responsabilizaram pela morte do homem encontrado na madrugada de sábado (2) em Três Lagoas, distante 326 quilômetros de Campo Grande. A vítima foi identificada como o pedreiro José Breno da Silva, de 60 anos.

Depois de chamarem a polícia afirmando terem encontrado o corpo por acaso, havia manchas de sangue nos calçados e roupas dos jovens, o que levantou a suspeita da autoria do crime. Detidos, acabaram confessando o homicídio.

De acordo com o site, os autores disseram para a polícia que mataram o pedreiro com socos e chutes por serem “roqueiros” e “nazistas”. O adolescente afirmou durante o interrogatório que estava fora de controle. “Quando o espírito incorpora em mim eu mato mesmo, pode ser até um filho meu”.

Leonardo é de Três Lagoas e já foi encaminhado para o PSM (Presídio de Segurança Média ) do município, onde cumprirá pena por homicídio e regime fechado. O jovem de 16 anos está apreendido na Polícia Civil e aguarda vaga para ser internado em uma das unidades da Unei.