Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Quarta, 22 de Setembro de 2021

Policial

Ladrão estoura janela de residência para roubar em plena luz do dia no feriado de 7 de Setembro

A vítima pede a força policial que intensifique ações contra os marginais. Em sua avaliação, a sociedade esta a mercê da sorte.

Paula Lucia/Região News

09 de Setembro de 2013 - 01:23

Em plena luz do dia, ladrão estoura janela de residência no bairro Sol Nascente para roubar. O fato aconteceu numa residência localizada no final da rua Santa Catarina onde reside o técnico em contabilidade Josefá da Silva. Ele conta que saiu de casa por volta das 8h30 no feriado e foi ao assentamento Florida, quando retornou, encontrou a casa toda revirada.

Pelas marcas de violência deixadas no local, aparentemente o criminoso estava só. Esta dedução é da própria vitima que afirma; caso estivesse acompanhado teria conseguido arrebentar a porta de outra moradia que fica localizada no mesmo terreno, só que na parte da frente do imóvel. Fá reside numa outra casa construída nos fundos.

Há marcas dos pés do bandido na porta da moradia. Fá não teve a mesma sorte e acabou tento a casa invadida pelo meliante que adentrou a residência após estourar uma das janelas que dá acesso à sala. “Reviraram tudo. Tiraram as roupas do roupeiro, vasculharam cada canto”, comenta indignado.

A vítima pede a força policial que intensifique ações contra os marginais. Em sua avaliação, a sociedade esta a mercê da sorte. “As pessoas de bem estão aprisionadas enquanto que os bandidos estão dando risada. Não há nada a se fazer, no máximo, chamar a policia para ouvir nosso sussurro de impotência diante a ineficiência da segurança pública”, desabafa.

Ele conta que no local onde trabalha a Real Contabilidade, em menos de 30 dias já foi alvo dos bandidos em pelo menos três ocasiões. A empresa foi assaltada nos dias 12, 18, e 29 de agosto. Todos os crimes foram registrados na DEPOL do município, mas sem resultado pratico. “Estou tomando minhas providencias”, diz a contabilista.