Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Terça, 18 de Maio de 2021

Policial

Maníaco pode ter dopado e estuprado jovem desacordada no meio da rua

No seu depoimento disse lembrar-se, antes de perder os sentidos, ter ouvido um rapaz (dizendo moça).

Flávio Paes/Região News

12 de Novembro de 2016 - 07:42

A Polícia Civil de Sidrolândia iniciou as investigações para apurar um caso de violência sexual em que o maníaco pode ter induzido a vítima a tomar um medicamento que a deixou desacordada. É o que se define como da “boa noite cinderela”. W.J.R, uma adolescente de 15 anos, contou à mãe e depois repetiu no seu depoimento que perdeu os sentidos nas proximidades da Igreja Alicerce de Fogo, quando retornava para casa,  no Cascatinha. Quando acordou, por volta das 2 horas, estava nua, com sangramento vaginal e dores na região do baixo ventre.

A jovem contou que na noite da última quinta-feira, por volta das 20 horas, foi até a casa de um amigo residente na região próxima a antiga estação ferroviária. Como frequentemente o visita para ouvir música e tocar violão, desta vez pediu que ele consertasse seu instrumento musical. Ficou lá até por volta da meia-noite, quando resolveu ir embora, depois de assistir um filme.

Irritada, com dor de cabeça e leve tontura, e sem ter conseguido consertar o seu violão.  Resolveu então, ir embora, não aceitou a companhia do amigo na volta para casa. Antes de sair, tomou um comprimido, indicado como relaxante muscular. Andou algumas quadras e passou a ficar sonolenta e na altura da Igreja Evangélica Alicerce de Fogo, adormeceu. No seu depoimento disse lembrar-se, antes de perder os sentidos, ter ouvido um rapaz (dizendo moça). Só acordou duas horas depois na situação já descrita: nua e com sinais de ter sido estuprada.