Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Domingo, 9 de Maio de 2021

Policial

Mulher tenta matar rival e marido da vítima atira contra casa da suspeita

Tânia Rodrigues foi levada para o hospital com a lâmina de 8 centímetros enterrada no corpo, de onde foi retirada pelos médicos.

Flávio Paes/Região News

27 de Dezembro de 2016 - 09:10

A rixa, por razões desconhecidas, entre vizinhas (Edilaine Cristina e Tânia Rodrigues) por pouco não acaba em tragédia. Ontem por volta das 21 horas, Edilaine, que tem 25 anos, abordou Tânia, de 29 anos, quando ela passava de motocicleta pela Rua João Regasso (acesso ao Residencial Altos da Figueira), levando o filho de 8 anos na garupa.

Edilaine tentou matar a rival desferindo um golpe de faca nas costas dela. O marido da vítima, Julialdo Rosa, por volta das 23 horas, resolveu dar o troco. Dirigindo um Gol preto ele foi até a casa da suspeita no Altos da Figueira, onde fez dois disparos, que felizmente não acertaram ninguém.

Tânia Rodrigues foi levada para o hospital com a lâmina de 8 centímetros enterrada no corpo, de onde foi retirada pelos médicos. Como não foi atingido nenhum órgão vital, está fora de perigo, ficou consciente durante o procedimento, tanto que relatou aos policiais o que tinha acontecido e apontou a identidade e onde morava sua agressora. Ela teve alta na manhã desta terça-feira.

Com base nas informações de Tânia, os policiais se deslocaram até a casa Edilaine Cristina. Lá a encontraram sentada, tranquilamente, em frente da residência na companhia dos três filhos. Ela confessou que havia cometido à tentativa de homicídio motivada por diferenças pessoais com a vítima e o marido dela.

Conduzida à delegacia, prestou depoimento foi colocada em liberdade. Por volta das 23h50 ela acionou a Polícia Militar, para denunciar que o marido de Tânia, Julialdo fez os disparos já mencionados na direção da sua casa, provavelmente numa tentativa de intimidação.