Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Quarta, 19 de Junho de 2024

Policial

Obras atrasam e delegacia só deve ser reaberta no final de setembro

O contrato inicial foi assinado em 10 de fevereiro de 2012 e previa o prazo de 150 dias consecutivos.

Flavio Paes/Região News

31 de Julho de 2012 - 08:31

A delegacia da Polícia Civil em Sidrolândia só deve ser reinaugurada no fim de setembro. A Agência Estadual de Gestão e Empreendimentos publicou ontem no Diário Oficial, termo aditivo prorrogando por mais 60 dias o prazo para conclusão das obras de reforma. A empresa responsável é a Opção Engenharia Ltda, e a reforma vai custar R$ 373 mil.

O contrato inicial foi assinado em 10 de fevereiro de 2012 e previa o prazo de 150 dias consecutivos. Estão sendo reformados o bloco administrativo e o das celas. Esta é a primeira reforma no prédio que foi inaugurado no fim dos anos 80 e estava sob ameaça de interdição pela Justiça. Estão sendo substituídas as instalações elétricas e hidráulicas, trocadas e reforçadas as grades.

Antes desta reforma geral, o prédio passou por reparos emergenciais com recursos do Conselho Municipal de Segurança que recebe da prefeitura (R$ 3 mil por mês) e das multas aplicadas pelo Judiciário (entre R$ 1,5 mil e R$ 2 mil). Muitas vezes a precariedade do prédio serviu de pretexto para os presos se rebelarem ou até mesmo facilita fugas em massa.

No dia 12 de abril do ano passado , por exemplo, quatro presos da cela cinco fugiram durante o banho de sol: Rafael de Oliveira Freitas, Marcelo Ferreira Gomes, Wanderson Takishi Morikawa e Cleber Ribeiro Fernandes. No dia 17 de maio 33 detentos se rebelaram por volta das 10 horas para cobrar mais tempo para o banho de sol e para visitas.

Durante o banho de sol eles se juntaram e ao fim do período se recusaram a voltar às celas gritando palavras de ordem. Os detentos usaram a hélice do ventilador de uma das celas para serrar a grade e tentar escapar pelo solário. Os presos quebraram um muro que separa a cela do banheiro e atiraram pedaços da construção no corredor da delegacia.