Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Quinta, 29 de Outubro de 2020

Policial

Pistoleiros se passam por policiais e matam homem com mais de 15 tiros na fronteira

Segundo a polícia, a vítima estava em um veículo Gol, com placas de Amambai (MS), junto com a namorada, de 14 anos, quando dois suspeitos abordaram o casal se identificando como policiais.

Pedro Juan News

05 de Novembro de 2012 - 14:52

Douglas de Aranda, de 29 anos, foi executado com mais de 15 tiros por pistoleiros que se passaram por policiais, por volta das 21h20 de domingo (04), no distrito de Sanga Puitã, em Ponta Porã (MS).

Segundo a polícia, a vítima estava em um veículo Gol, com placas de Amambai (MS), junto com a namorada, de 14 anos, quando dois suspeitos abordaram o casal se identificando como policiais.

Eles tiraram a adolescente do veículo e dispararam mais de 15 vezes contra Douglas. Os bandidos usaram uma pistola 9mm e um fuzil 5.56.

Peritos da Polícia Civil realizaram os procedimentos de investigação na cena do crime. O caso será investigado pelo SIG (Serviço de Investigações Gerais).