Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Domingo, 25 de Fevereiro de 2024

Policial

Plano de Carnaval de MS terá 2.040 policiais por dia e foco na Lei Seca

O Plano será colocado em prática entre os dias 8 e 13 de fevereiro, período das festividades de carnaval.

Notícias MS

06 de Fevereiro de 2013 - 15:12

A Polícia Militar de Mato Grosso do Sul (PMMS) anunciou na manhã de hoje (6), durante uma coletiva no Comando Geral da PM, o Plano de Carnaval, que este ano contará com um efetivo diário de 2.040 policiais e terá foco na Lei Seca. O Plano será colocado em prática entre os dias 8 e 13 de fevereiro, período das festividades de carnaval.

Durante a coletiva, o comandante-geral da PM, coronel David dos Santos, falou sobre o efetivo que será empregado na Capital e seus números. “Em Campo Grande teremos diariamente 440 policiais, 25 viaturas quatro rodas, 50 motos, quatro viaturas tipo furgão, duas viaturas para transporte de presos, quatro viaturas para eventos, 10 motos para evento e seis módulos de atendimento de acidentes de trânsito”, disse. Ainda segundo o coronel, todo o efetivo sediado na Capital será empregado, tais como: diretorias, grandes comandos, 10º Batalhão da PM, Companhia Independente de Trânsito (Ciptran), Companhia Independente da Polícia Militar de Guarda e Escolta (CIPGdaE), cavalaria e Companhia Independente de Gerenciamento de Crises e Operações Especiais (Cigcoe). O policiamento será realizado a pé, com rádio patrulha, motocicleta, montado, de trânsito, rondas ostensivas com apoio de motos (rocam da Cigcoe), choque e com ronda ostensiva tática com apoio de motos (rotam), em eventos públicos como o desfile das Escolas de Samba; no Carnaval de Rua da Fernando Correa da Costa; no desfile de blocos, e na apuração do desfile das escolas. “Ainda teremos um equipe que percorrerá os lugares com eventos fechados”, contou Santos.

 Já no interior do Estado, principalmente nos municípios que recebem grande número de foliões, a segurança será reforçada com 104 homens da PM. Segundo o comandante de policiamento do interior, Nelson da Silva, o efetivo diário será de 1.600 policiais, 240 viaturas e serão priorizados os municípios de Três Lagoas, Dourados, Ponta Porã, Rio Verde, Corumbá, Bonito, Aquidauana, Ivinhema, Bataguassu, Jardim, Naviraí, Paranaíba, Fátima do Sul, Rio Brilhante e Amambai. “Temos uma preocupação com Dourados, onde um baile popular atrairá cerca de 20 mil pessoas. Mas em especial Bonito, Rio Verde e Corumbá merecem maior policiamento”.

 O comandante ainda detalhou que Corumbá terá um reforço de homens da Capital, além de contar com ações da Polícia Militar Ambiental (PMA), guarda municipal e do Departamento de Operações de Fronteira (DOF). Em Bonito, a segurança contará com policiais do 11º Batalhão da PM de Jardim, PMA, DOF e Polícia Rodoviária Estadual (PRE). “A estimativa da cidade é de 12 mil visitantes nesse período”, declarou o coronel.  E Rio Verde além do efetivo do 5º Batalhão da PM de Coxim, terá o apoio da PRE e dos guardas municipais, principalmente no balneário.

Além do reforçado policiamento nas festas, todas as peças publicitárias do Carnaval têm como tema a Lei Seca. São botons, abanicos, gravatas, livretos explicativos e adesivos com frases como “Bebida e Direção não Combinam”, “Vou para casa com você que não bebeu”, “Vá de táxi para não ir de ambulância”.

Para o comandante de Policiamento Metropolitano, Evaldo Mazuy, a prioridade da PMMS é preservar a vida. “Geralmente as brigas, crimes e acidentes são cometidos em virtude do uso do álcool e achamos por bem focar na Lei seca, afinal nós somos os responsáveis por preservar a população”, finalizou.