Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Sábado, 24 de Outubro de 2020

Policial

PM reabre destacamento no Quebra Coco e conta com reforço de guarnição da CIGCOE

O trabalho é de ação preventiva com objetivo de desestimular os marginais a fazer novas investidas.

Flávio Paes/Região News

09 de Janeiro de 2014 - 10:46

O comandante do Pelotão da Polícia Militar de Sidrolândia, tenente Mateus Taniguch, garante que a corporação iniciou uma ofensiva de policiamento ostensivo na cidade para inibir a criminalidade.

Uma guarnição da CIGCOE (Companhia Independente de Gerenciamento de Crises e Operações Especiais) está na cidade desde segunda-feira promovendo abordagens, monitorando suspeitos, a maioria viciados em droga, que praticam assaltos e furtos para financiar o próprio vicio.

“São figuras conhecidas que já foram presas inúmeras vezes, mas acabam voltando às ruas com base em brechas na legislação”, comenta o comandante do Pelotão que contabiliza redução de 15% nas ocorrências deste o início da operação.

O trabalho é de ação preventiva com objetivo de desestimular os marginais a fazer novas investidas. “A presença da policia ostensiva contribui certamente para diminuir os índices de criminalidade”, acredita o tenente. Um fator que está dificultando é a determina do juiz de fechar a cadeia pública e enviar para Campo Grande quem for preso em flagrante. Isto acaba desfalcando o efetivo com o deslocamento de uma guarnição para fazer a escolta até a Capital.


Equipe da guarnição da CIGCOE durante abordagem

Em relação ao destacamento de Quebra Coco, que foi fechado durante o período de festas, ele garante que foi reaberta inicialmente com apenas um policial de plantão. “Fizemos um remanejamento no final do ano para o pessoal atuar na área urbana, mas a intenção é ampliar o trabalho no distrito com uma atuação mais forte na zona rural”, assegura.

O fechamento do destacamento do Quebra Coco gerou preocupação na comunidade e mobilizou os vereadores Ilson Peres, Edno Ribas, Sérgio Bolzan e Nélio Paim, para cobrar providências. Eles chegaram a pré-agendar uma reunião com o comandante geral da Polícia Militar, coronel David.