Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Quinta, 29 de Outubro de 2020

Policial

PMA recolhe hoje ao CRAS na Capital onça parda atropelada em Três Lagoas

A PMA está trazendo ao CRAS para exames apurados, no intuito de recuperá-la e possivelmente devolvê-la à natureza

Assessoria

29 de Julho de 2014 - 09:27

Policiais Militares Ambientais de Três Lagoas (MS) estão trazendo agora pela manhã, ao Centro de Reabilitação de Animais Silvestres (CRAS) em Campo Grande (MS), uma onça parda ferida.

No dia 27, pela madrugada, a PMA fora informada, de que à margem da Rodovia BR 158, no município, havia uma onça deitada, que possivelmente teria sido atropelada e não conseguia andar. Os policias foram ao local e fizeram o recolhimento do animal, um adulto, que estava ferido à margem da pista, levando-o a uma clínica veterinária na cidade para cuidados, visto que, aparentemente o bicho estaria sem se alimentar e muito debilitado.

A onça consegue ficar em pé, porém, não consegue andar. A PMA está trazendo ao CRAS para exames apurados, no intuito de recuperá-la e possivelmente devolvê-la à natureza. A perspectiva de chegada ao CRAS é por volta das 10h00 de hoje.

ONÇA PARDA - A onça-parda, puma, ou suçuarana é encontrada em todas as Américas, desde o Canadá, ao extremo sul da América do Sul. Vive em torno de 15 anos e em alguns locais pode atingir até 100 quilos. É um animal solitário e prefere viver em lugares de difícil acesso, florestas, desertos e montanhas. Geralmente caça ao entardecer.