Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Sexta, 30 de Outubro de 2020

Policial

Polícia ainda sem pistas de homens que invadiram pedreira para roubar dinamite

Segundo depoimento do casal prestado à Polícia, os três homens arrombaram as portas do local e armados com pistolas renderam os funcionários.

Flávio Paes/Região News

22 de Julho de 2014 - 14:16

A Polícia ainda não tem pistas dos três homens que ontem à noite  invadiram a Mineradora Negri, a 35 quilômetros da área urbana de Sidrolândia perto da Fazenda Piana, para roubar dinamite. Eles renderam o casal de funcionários (José Vicente da Silva, 54 e Ramona da Silva Davalos, 48 anos).

Segundo depoimento do casal prestado à Polícia, os três homens arrombaram as portas do local e armados com pistolas renderam os funcionários e ordenaram que indicassem onde estavam dinamites, armas e dinheiro.

Depois de roubar dinheiro, celulares e joias, os homens fugiram em um Chevrolet Corsa, que foi encontrado pouco tempo depois por equipes da PRF. O carro estava a 600 metros do local e com o motor ligado. O veículo foi encaminhado para a delegacia de polícia de Sidrolândia.

Equipes do Garras (Delegacia Especializada na Repressão a Roubo a Banco, Assaltos e Sequestros) da Capital participam das investigações sobre o caso. Segundo o delegado, Enilton Zalla, os marginais não conseguiram encontrar a dinamite que procuravam na pedreira.  

“Apesar de eles terem ido atrás de explosivos e armas, isso não foi levado de lá, simplesmente porque no local não há este tipo de material”, revela. Os explosivos são fornecidos por uma empresa terceirizada, contratada quando há necessidade do material.