Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Sexta, 7 de Maio de 2021

Policial

Polícia apreende carga de R$ 2,3 milhões em agrotóxico contrabandeado

Conforme a polícia, a previsão é de que cada quilo chegasse a custar R$ 600.

Correio do Estado

09 de Novembro de 2016 - 14:59

Aproximadamente quatro mil quilos de agrotóxicos contrabandeados, avaliados em R$ 2,3 milhões, foram apreendidos na noite de ontem, pela Polícia Rodoviária Federal (PRF), no quilômetro 323 da BR 163, em Rio Brilhante. Conforme a polícia, a previsão é de que cada quilo chegasse a custar R$ 600.

Além do produto químico, dentro do veículo M. Benz/L 1513, com placas de Sorriso/MT, que era conduzido por homem de 45 anos, foram encontrados ainda 2.450 pacotes de cigarros e oito volumes de vestuários.

A apreensão ocorreu durante fiscalização de rotina. Ao ser abordado, o condutor informou que transportava andaimes da cidade de Cascavel/PR para Campo Grande/MS, e apresentou Documento Auxiliar da Nota Fiscal Eletrônica (Danfe) - utilizado somente para acompanhar a movimentação de qualquer mercadoria em caminhões de carga e outros meios - aparentemente inautêntica.

Diante da suspeita foi solicitado ao motorista que retirasse a lona do caminhão, sendo constatado que por baixo da carga de andaimes e madeiras foram encontradas 49 caixas de cigarros, totalizando 2.450 pacotes, oito volumes de vestuários e aproximadamente 3.954 quilos de agrotóxicos diversos, todos de origem paraguaia, como Fipronil 80%, Metsulfuron Methyl 60%, Benzoato 40%, Tiametoxan WG, Picloran, dentre outros.

Interrogado sobre a carga, o condutor informou que desconhecia os produtos do veículo, sendo enquadrado por crime ambiental e uso de documento falso, contrabando, descaminho, produzir, transportar, armazenar ou usar produto ou substância tóxica.