Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Terça, 18 de Maio de 2021

Policial

Polícia do PR diz que não investigará morte de barbeiro; corpo já está em MS

A partir daí começou uma nova batalha de familiares e amigos para tentar trazer o corpo do rapaz de volta a Mato Grosso do Sul, Depois da ajuda de algumas pessoas.

Campo Grande News

24 de Janeiro de 2017 - 09:00

A Polícia Civil do Paraná informou na manhã desta terça-feira (24), que não vai investigar a morte do barbeiro Fernando Oliveira de Freitas de 35 anos. O rapaz foi encontrado morto, numa praia da orla de Matinhos, no litoral do Paraná, no último dia 9. A suspeita é de que ele tenha morrido afogado, mas não há nenhuma prova ou testemunha que confirme isto.

De acordo com a assessoria de imprensa da PC do Paraná, o caso da morte de Fernando foi atendido pela equipe da ‘Operação Verão’, realizada na cidade.

“Essa equipe é composta por policiais civis e militares. Como no corpo dele não havia marcas de violência, foi constatado o afogamento. Não será aberto inquérito policial, mas foi feito um laudo de necropsia, para comprovar a causa da morte”, explicou a assessoria.

Como Fernando estava sem documentos quando foi encontrado, por duas semanas a família do barbeiro viveu a angustia de não ter notícias sobre o paradeiro dele.

Até que, pela internet, um dos parentes leu a notícia que um corpo havia sido encontrado na região e no dia 17, a família confirmou que era Fernando.

c, o corpo de Fernando chegou a Campo Grande no fim da manhã desta terça-feira (24). O velório está sendo realizado na Avenida Bandeirantes, número 226, e a previsão é de que o sepultamento ocorra por volta das 14h30.

A reportagem tentou falar por telefone com a família do barbeiro sobre a ausência da investigação sobre o caso, mas as ligações não foram atendidas. Além dos muitos amigos, Fernando deixa namorada e três crianças, os filhos.