Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Domingo, 24 de Outubro de 2021

Policial

Polícia Militar fecha “boca de fumo” no Bairro Dona Diva em Sidrolândia

Os entorpecentes foram encontrados no quintal da residência em meios a uns pés de bananeiras

Franciane Trindade/Região News

24 de Fevereiro de 2011 - 16:40

Polícia Militar fecha “boca de fumo” no Bairro Dona Diva em Sidrolândia
Pol - Foto: Franciane Trindade/Regi

Após atender uma ocorrência de tentativa de homicídio no centro de Sidrolândia a Polícia Militar fechou às 15h45min desta quinta-feira (24) uma boca-de-fumo que funcionava na Rua Prudente de Morais numero 21 no bairro Dona Diva.

Conforme o boletim de ocorrência registrado sobre o caso, o 2º Pelotão de Polícia Militar sediado em Sidrolândia vinha recebendo varias denúncias de moradores, informando que o local era ponto de venda de entorpecente a chamada “boca da Loira”.

Na tarde de hoje a PM fazia ronda pelo local quando abordaram dois elementos, próxima a boca, ao avistarem a viatura da polícia jogaram algo no mato. Durante buscas os policiais encontraram duas trouxinhas de pasta base de cocaína, questionados; os rapazes disseram ter comprados na boca da loira.

Os PMs acionaram a coirmã Polícia Civil, que através da Delegada Dra Gabriela Staile e seus agentes se deslocaram até a residência, autuando em flagrante Lucélia Rosa Pereira Silva de 25 anos a “Loira” que já tem passagem pela Polícia por tráfico de droga.

No local, a Polícia apreendeu uma televisão, uma sanduicheira, um liquidificador, um som, um aparelho de telefone residencial, aparelhos de telefones celulares, uma moto elétrica, dois aparelhos de DVDs, um secador de cabelo, sandálias e vários objetos pequenos, alem de 23 pedras de pasta base de cocaína pronta para ser vendidas e uma quantia de R$ 2.356 reais de origem não comprovadas.

Os entorpecentes foram encontrados no quintal da residência em meios a uns pés de bananeiras, Lucélia foi presa em flagrante e terá de responder por tráfico de entorpecente.

Atenderam essa ocorrência Subtenente Laudelino, Cabo Vidal, Cabo Celso, soldado Araujo, soldado Enéias e soldado Brites.