Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Quinta, 22 de Abril de 2021

Policial

Polícia prende trio que fez arrastão em Ponta Porã, Dourados e levou notebook das Lojas Florai em Sidrolândia

Todos tem extensa ficha criminal que vão de tráfico internacional de drogas, furto qualificado, porte ilegal de arma, falsificação de documento público, estupro, entre outros.

Marcos Tomé/Região News

01 de Novembro de 2014 - 14:01

Dois elementos e uma mulher foram presos em flagrante no final da tarde de ontem (31) na Base Operacional da Polícia Rodoviária Federal de Sidrolândia, todos com extensa ficha criminal que vão de tráfico internacional de drogas, furto qualificado, porte ilegal de arma de fogo, falsificação de documento público, estupro, entre outros.

O trio, que é considerado pela policia de alta periculosidade, foi preso por volta das 18h30 quando tentava passar pelo posto rodoviário num veículo Citroën Picasso de placas AQK-3300 de Campo Grande – MS, tendo como destino a Capital do Estado, quando voltava de Ponta Porã, onde teria passado o dia.

Polícia prende trio que fez arrastão em Ponta Porã, Dourados e levou notebook das Lojas Florai em SidrolândiaNa cidade fronteiriça com Pedro Juan Caballero – PY, os meliantes cometeram vários furtos, subtraindo do interior de uma loja de materiais de construção inúmeros acabamentos de válvula hydra, válvula de descarga, vários rolos de fio elétrico, ferramentas, além de produtos de uso veterinário como Ivomec injetável.

Os crimes eram praticados pelo bando que usava a seguinte estratégia; enquanto Maria Nilcia dos Santos, de 34 anos, distraia os vendedores, o namorado dela, José Sebastião Pereira (47), que conduzia o veículo e o comparsa do casal, Marcos Rocha de Souza Junior, de 34, faziam o arrastão no interior da loja.

Polícia prende trio que fez arrastão em Ponta Porã, Dourados e levou notebook das Lojas Florai em SidrolândiaEm Dourados, a dupla e o comparsa usaram da mesma artimanha numa loja de confecções e calçados, levaram relógios, shorts e várias calças jeans da grife Pitbull. Estima-se que os produtos furtados sejam avaliados em mais de R$ 10 mil. De passagem por Sidrolândia o bando resolveu dar uma pausa até o fim do dia para então, seguir até Campo Grande.

Neste intervalo, entre as 15 e 16 horas, investiram numa loja de móveis e eletrodomésticos, a Florai, localizada no centro da cidade. No depoimento que deu ao delegado titular da DEPOL, dr. Enilton Zalla, Marcos Rocha, contou detalhes de como agia o bando. Ele diz que entrou na loja Florai, viu um notebook da marca Sony Vaio numa das mesas, percebeu que estava só e cometeu o furto.

Passagens

Polícia prende trio que fez arrastão em Ponta Porã, Dourados e levou notebook das Lojas Florai em SidrolândiaMaria Nilcia dos Santos cumpre pena no Estabelecimento Penal Feminino de Campo Grande desde 2011 quando foi presa por furto qualificado, porte ilegal de arma e falsificação de documentos. Em setembro de 2013, ela fugiu do semiaberto, tem cinco passagens por furto e há contra ela um mandado de prisão em aberto.

Polícia prende trio que fez arrastão em Ponta Porã, Dourados e levou notebook das Lojas Florai em SidrolândiaJá seu namorado, José Sebastião Pereira, cumpria pena por tráfico internacional de droga em Andradina, interior paulista. Em liberdade, voltou a cometer o crime de tráfico de entorpecente no inicio deste ano em Presidente Prudente, município distante a 178 km de onde havia cumprido pena.

Polícia prende trio que fez arrastão em Ponta Porã, Dourados e levou notebook das Lojas Florai em SidrolândiaMarcos Rocha de Souza Junior estava em liberdade a pouco mais de 90 dias. Contra ele pesa passagens por tráfico de drogas, furto qualificado, foi preso em fragrante em setembro de 2012, além de ser réu confesso de um estupro, violência cometida em 2006. Dr. Enilton Zalla, alerta comerciantes e empresários, que Sidrolândia por ser um corredor do tráfico, esta sujeita a estes tipos de crimes.

“É importante que as pessoas que atuam no comércio estejam atentas a qualquer movimentação suspeita. Qualquer anormalidade entre em contato com a polícia, peça uma ronda”, comenta Enilton que aguarda contato de lojistas que foram vitimas do bando para dar andamento ao inquérito policial.