Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Terça, 18 de Maio de 2021

Policial

Policial reage a assalto e mata ladrões que armaram emboscada em estrada

Diante da situação, o policial atirou contra um dos assaltantes, que caiu no chão, machucado com tiro de raspão.

Campo Grande News

15 de Dezembro de 2016 - 15:19

Tentativa de assalto terminou com dois bandidos mortos na manhã de hoje, em Iguatemi (MS). A trabalho, policial civil seguia com carro descaracterizado por estrada de terra, sentido Assentamento Tagros, a fim de colher informações sobre denúncia de vítima de violência doméstica, quando suspeito em uma moto parada sinalizou que precisava de ajuda.

Ao parar o veículo, o homem da moto de origem paraguaia e sem placas perguntou se o condutor, no caso o policial, tinha uma ferramenta para emprestar e arrumar a moto. Ao descer e pegar a chave no porta malas, outro homem, que estava escondido na mata apareceu e, armado, anunciou o assalto. O criminoso pediu para o passageiro, morador da região, descer do veículo.

Diante da situação, o policial atirou contra um dos assaltantes, que caiu no chão, machucado com tiro de raspão. O outro bandido ainda efetuou de quatro a cinco disparos contra o policial, que revidou e matou o suspeito.

Mesmo machucado, o criminoso que estava no chão se levantou e conseguiu fugir. “Nesse momento fomos até o local para dar apoio, e, morador da região falou que o homem estava escondido em uma das casas. Ao chegarmos na casa indicada, o assaltante apontou a arma e o policial atirou no bandido, que morreu no local”, contou o delegado Thiago Lucena ao Portal Correio do Estado.

Conforme Lucena, apenas um dos criminosos, de 39 anos, de origem paraguaia, portava documento pessoal. “Tudo indica que o outro assaltante também seja paraguaio”, afirma. A moto usada pela dupla também é do país vizinho e estava sem placas. Ainda não é possível dizer se o veículo era roubado.

No local, a polícia ainda encontrou uma mochila com mais munição, água e comida. “O que indica que os assaltantes devem ter passado a noite ali a espera de veículo para roubar, mas foram assaltar justo um policial”, finaliza o delegado.