Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Domingo, 9 de Maio de 2021

Policial

Policial rodoviário mata empresário após discussão no trânsito por causa de acidente

Adriano Correia , motorista da Hilux foi atingido no pescoço, perdeu o controle da direção e a caminhonete derrubou um poste de iluminação pública.

Flavio Paes/com informações do Campo Grande News e Correio do Estado

31 de Dezembro de 2016 - 08:17

O empresário Adriano Correia, 33 anos, dono do Madalena Sushi Express e do Sushi Express, foi morto e outras duas pessoas ficaram feridas na manhã deste sábado em consequência do desentendimento gerado por um acidente de trânsito na avenida Ernesto Geisel, em frente ao Horto Florestal. O suspeito do crime é um policial rodoviário federal, que após discussão fez quatro disparos contra os ocupantes de uma caminhonete Hilux. O policial dirigia uma Mitsubishi Pajero.

Adriano foi atingido no pescoço, perdeu o controle da direção e a caminhonete derrubou um poste de iluminação pública. Ele morreu no local. Outro ocupante da caminhonete foi baleado na perna e uma terceira pessoa sofreu fratura pelo acidente. As vítimas foram levadas para a Santa Casa.

O quarteirão foi isolado pela polícia entre a rua 26 de Agosto e avenida Fernando Côrrea da Costa. A reportagem não conseguiu localizar o condutor da Pajero, que seria policial, no local.