Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Domingo, 16 de Maio de 2021

Policial

Problemas em aeronaves causam susto em passageiros e mortes

Pelo fato do uso ilegal, não há monitoramento correto e sequer inspeção para ocorrer manutenção adequada.

Correio do Estado

24 de Dezembro de 2016 - 15:21

Pane no ar, aves e problemas de saúde resultaram em susto para alguns passageiros de aeronaves que cruzaram os céus de Mato Grosso do Sul. Houve casos mais graves, em que passageiros morreram.

Aeronaves menores envolveram-se em diferentes acidentes no Estado neste ano. A manutenção nesse tipo de avião transformou-se em alvo da Polícia Civil de Mato Grosso do Sul, que desde o ano passado investiga uso de peças usadas e outras irregularidades que podem causar tragédias.

Essa situação caótica é também causada porque traficantes, muitas vezes, utilizam-se desse meio de transporte para levar droga de países vizinhos (Paraguai e Bolívia) para o Brasil. Pelo fato do uso ilegal, não há monitoramento correto e sequer inspeção para ocorrer manutenção adequada.

Em abril deste ano, por exemplo, aeronave com 400 quilos de pasta base, 1.032 munições de fuzil .656 e .68 sofreu queda e atingiu um veículo. A polícia não encontrou vítimas.

Mas aviões maiores também tiveram problemas. Equipamento da Polícia Federal que transportava US$ 2,4 milhões apreendidos fez pouso de emergência no Aeroporto Internacional de Campo Grande porque um pneu furou.

Outra situação envolveu copiloto da Azul que desmaiou e o voo que seguia para Cuiabá (MT) precisou fazer parada forçada na Capital.

Nem mesmo avião da Força Aérea Brasileira (FAB) escapou de situação de emergência. O problema foi a colisão com pássaro e os Bombeiros foram acionados para atender o incidente. No final, ninguém ficou ferido.