Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Sexta, 4 de Dezembro de 2020

Policial

Publicado em Diário Oficial, pedido de Habeas Corpus de Matheus é negado pela justiça

O pedido de Habeas Corpus estava sendo analisado pela 1º Vara da Violência Doméstica e Familiar Contra a Mulher, em Campo Grande.

Midiamax

15 de Janeiro de 2014 - 13:49

O desembargador Carlos Eduardo Contar indeferiu nesta quarta-feira (15) o pedido de Habeas Corpus em favor de Matheus Georges Zadra Tannous. A decisão foi divulgada em Diário Oficial do Tribunal de Justiça. Matheus é o principal suspeito de ter espancado Giovanna Nantes, de 19 anos, na noite da virada do ano.

O pedido de Habeas Corpus estava sendo analisado pela 1º Vara da Violência Doméstica e Familiar Contra a Mulher, em Campo Grande. Matheus, que está com a prisão preventiva decretada, desde o começo da semana passada ainda está foragido e é procurado pela polícia.

Laudos do local do crime

A Polícia Civil está com o laudo do local, onde Giovanna e o namorado passaram o ano novo.  Porém, de acordo com a polícia, o laudo não aponta se houve algum tipo de acidente, agressão ou uma luta corporal entre duas ou mais pessoas.

Depoimento

Luiz Carlos de Oliveira, pai de Giovanna Nantes, de 19 anos, afirmou, na tarde desta terça-feira (14), que acredita que a filha não tem condições físicas de prestar depoimento nos próximos dois dias. A jovem foi agredida, supostamente, pelo então namorado Matheus George Zadra Tannous, 19 anos, na madrugada do dia 1º de janeiro deste ano.

A delegada Rosely Aparecida Molina, da Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher (Deam), afirmou que expediu uma intimação nesta segunda-feira (13) para que Giovanna comparecesse à delegacia para prestar depoimento nos dois próximos dias. “Ela só consegue falar com a boca fechada. A mandíbula está travada por conta da cirurgia para colocação de pinos”, explica o pai.