Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Domingo, 3 de Julho de 2022

Policial

Quadrilha é presa por tráfico de drogas e comércio ilegal de combustível

Com Wander, os policiais apreenderam quatro papelotes de cocaína no bolso traseiro e no interior da casa mais cinco porções da droga, além de R$ 195.

Correio do Estado

04 de Novembro de 2015 - 11:00

Agentes da Delegacia Especializada de Repressão ao Narcotráfico (Denar), prenderam Wander Lima da Silva, de 34 anos, Dayane Guimarães Mendes, de 29 anos, Thiago Vieira, de 33 anos e Aleandro Lúcio da Silva, de 28 anos, na última quinta-feira (29), em Campo Grande por fornecimento de drogas a caminhoneiros e comércio ilegal de combustível.

Wander e Dayane foram presos em casa na Rua Evaristo Ferreira, no Jardim Campo Nobre. Com Wander, os policiais apreenderam quatro papelotes de cocaína no bolso traseiro e no interior da casa mais cinco porções da droga, além de R$ 195.

Na sequência, a equipe se dirigiu até o Lava Jato de Wander, na Avenida dos Cafezais, que segundo investigações da polícia, servia como ponto de comercialização da droga e prenderam Thiago, que seria um funcionário do estabelecimento e que também estava com um mandado de prisão e aberto, pelo furto de veículo de um Policial Militar.

No lava jato,  os investigadores localizaram sete galões de óleo diesel, armazenados, totalizando 200 litros e que segundo Wander, adquiriu da pessoa de Aleandro. 

Diante das informações, os agentes se dirigiram até a casa de Aleandro na Rua Antônio Bitencourt e localizaram dois galões com 70 litros de etanol, sete galões com 200 litros de óleo diesel e sete galões com 190 litros de gasolina.

Além do combustível armazenado ilegalmente, os policiais apreenderam dinheiro, uma munição calibre 380, três pinos usados para consumo de cocaína e uma porção de cocaína, droga esta que alegou ter adquirido de Wander por R$ 200.

Os quatro autores foram conduzidos a Denar e irão responder por tráfico de drogas, associação ao tráfico de drogas, armazenar, guardar ou ter em depósito ou usar produto ou substância tóxica, perigosa ou nociva à saúde humana ou ao meio ambiente, em desacordo com as exigências estabelecidas em leis ou nos seus regulamentos, por porte de drogas e por posse de arma de fogo de uso permitido.