Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Sábado, 8 de Maio de 2021

Policial

Supostos integrantes do PCC são executados em provável acerto de contas

Populares que passavam pelo local avistaram os corpos e comunicaram agentes da Polícia Nacional do Paraguai

Correio do Estado

08 de Janeiro de 2017 - 18:43

Dois brasileiros, supostamente integrantes da facção criminosa do Primeiro Comando da Capital (PCC), foram encontrados mortos na tarde deste domingo, por volta das 13h30min, em plantação de soja localizada na cidade paraguaia Capitão Bado. Conforme o site Porã News, a dupla foi executada por pistoleiros.

Jofer Jeferson Dales, conhecido como “Branquinho” e Raul Torales Portilho do Amaral foram mortos com vários disparos de arma de fogo em uma plantação da colônia Ybype, do distrito da cidade paraguaia de Capitão Bado, fronteira com Coronel Sapucaia.

Populares que passavam pelo local avistaram os corpos e comunicaram agentes da Polícia Nacional do Paraguai. Os corpos foram encaminhados ao Instituto Médico Legal (IML) da cidade onde aguardam a chegada dos familiares.

As primeiras informações indicam que as vítimas teriam sido executadas decorrente de ajuste de contas do crime organizado que atua na região. No local do crime foram encontradas munições calibre 12, botijão de gás, toucas ninjas e roupas camufladas.