Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Quarta, 12 de Maio de 2021

Policial

Três comerciantes ilegais de gás são presos em primeiro dia de operação

Nos três endereços interditados esta manhã, foram recolhidos mais de 163 botijões de gás.

Campo Grande News

24 de Novembro de 2016 - 14:57

Três comerciantes ilegais de gás de cozinha foram presos durante a operação “Gás Ilegal”, que é coordenada pela Deops (Delegacia Especializada de Ordem Política e Social) e foi iniciada na manhã desta quinta-feira (24) em Campo Grande.

Dois dos endereços funcionavam na Avenida Panamericana, no Parque dos Novos Estados. O terceiro ponto ilegal fica na região do Parque Residencial Maria Aparecida Pedrossian, segundo o delegado titular da Deops (Delegacia Especializada de Ordem Política e Social), Wilton Vilas Boas.

Dentre outros crimes os comerciantes irão responder por exercer atividade ilegal, concorrência desleal e trabalhar sem a documentação necessária para o funcionamento. A penalidade máxima pode variar de 2 meses até 5 anos de detenção.

“Em casos onde estes vasilhames tinham alguma adulteração, por exemplo, eles representam um risco ainda maior para o consumidos na hora de serem utilizados. Além de serem pontos que exerciam uma concorrência desleal juntos aos comerciantes legais, já que pela falta de documentação e do pagamento de impostos em dia eles podiam praticar valores menores”, comenta.

Nos três endereços interditados esta manhã, foram recolhidos mais de 163 botijões de gás. A primeira fase da operação contou com apoio dos agentes da Decat (Delegacia Especializada de Repreensão a Crimes Ambientais e Atendimento ao Turista).

Ainda de acordo com o delegado, a operação não tem previsão de término e vai ocorrer em todos os bairros de Campo Grande. Os endereços dos estabelecimentos e regiões onde ocorreram as próximas vistorias também não foram revelados pela polícia.