Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Sexta, 7 de Maio de 2021

Policial

Trio rouba homem e corta língua dele para não ser denunciado por crime

Numa estrada vicinal, armados com uma faca, os suspeitos teriam exigido que a vítima entregasse dinheiro e a bicicleta que conduzia, mas Ilson negou.

Campo Grande News

29 de Dezembro de 2016 - 15:04

Policiais civis prenderam Elias Edson da Silva Oliveira, 21 anos, e apreenderam dois adolescentes de 13 e 15 anos, suspeitos de terem roubado Ilson Turíbio, 36 anos, e depois esfaqueado e cortado à língua do homem, para que ele não os denunciasse o crime.

O caso aconteceu na véspera do Natal (24), na aldeia Sucury, em Maracaju. Os suspeitos foram para a cadeia no dia 26, mas o caso só foi divulgado pela polícia nesta quinta-feira (29).

De acordo com a Polícia Civil, a vítima e o trio estavam ingerindo bebida alcoólica juntos na aldeia, até que os jovens perceberam que Ilson tinha dinheiro, porque disse que iria comprar mais bebida. Então, quando a vítima saiu, os três planejaram o roubo.

Numa estrada vicinal, armados com uma faca, os suspeitos teriam exigido que a vítima entregasse dinheiro e a bicicleta que conduzia, mas Ilson negou. Nervoso, o adolescente de 15 teria dado o primeiro golpe na vítima, tão forte, que chegou a quebrar a ponta da lâmina da faca.

Depois, os outros dois jovens teriam espancado Ilson, até que ele caísse no chão. Não contentes, consta ainda no registro policial, que o adolescente de 15 anos cortou a língua da vítima para que não os denunciasse.

Ilson foi socorrido e encaminhado a Santa Casa de Campo Grande, porém não resistiu aos ferimentos e morreu dois dias depois do crime. Elias Edson da Silva Oliveira foi indiciado por latrocínio e os adolescentes irão responder por ato infracional análogo ao mesmo crime.