Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Sábado, 24 de Fevereiro de 2024

Policial

Ultrapassagem pela direita mata 5 na BR-267 em Nova Alvorada do Sul

Cinco pessoas estavam na Parati, entre elas uma criança de um ano de idade e somente um sofreu ferimentos leves.

Campo Grande News

22 de Janeiro de 2013 - 07:21

Uma ultrapassagem pela direita causou o acidente que envolveu quatro veículos e matou cinco pessoas nesta segunda-feira (21) na BR-267 em Nova Alvorada do Sul, 120 quilômetros de Campo Grande. No local do acidente a pista da rodovia é duplicada.

Segundo a Polícia Civil, um Ford Fiesta que seguia no sentido Bataguassu – Nova Alvorada tentou ultrapassar pela direita uma GM S-10, mas o motorista perdeu o controle e acabou colidindo contra a picape.

Com o impacto, os dois carros atingiram uma VW Parati que seguia no mesmo sentido e em seguida rodaram para a pista contrária, onde colidiram contra uma carreta bitrem, com placas de Marialva (PR) que transportava 32 toneladas de milho. A Parati e a carreta saíram da pista e só pararam na lateral da rodovia.

No Fiesta, de Nova Alvorada do Sul, morreram Edvaldo Joseilton Campos, Rogério Aparecido Morais e Ronney Rodrigues de Souza. Bruno Ferreira Lima, 21 anos, e Fernanda Domingues Costa, 18 anos, ficaram feridas e foram transportadas para a Santa Casa de Campo Grande. Todos ficaram presos as ferragens do veiculo, que ficou completamente destruído.

A S-10 transportava quatro pessoas e morreram Cícero Humberto da Silva e outro passageiro ainda não identificado. A caminhonete era conduzida por Darlan Coelho, 66 anos, proprietário de uma fazenda em Nova Alvorada e tinha como passageiros também Melquides Borges dos Santos, 73 anos. Os dois tiveram ferimentos graves e foram levados para a Santa Casa.

Cinco pessoas estavam na Parati, entre elas uma criança de um ano de idade e somente um sofreu ferimentos leves.

O motorista do bitrem, Douglas Pioveza, 32 anos, disse que o acidente foi muito rápido. “Quando vi os dois estavam rodando na pista, ainda tentei reduzir mas não consegui”, disse. A carga seria levada até o litoral de São Paulo.

De acordo com o delegado de Nova Alvorada do Sul, Thiago José Passos da Silva, ainda não é possível identificar quem era o motorista do Fiesta, causador da colisão, mas que se ele estiver vivo responderá criminalmente. “Ele vai responder por cinco homicídios culposos, quando não há intenção de matar”, disse.

O trânsito no local chegou a ficar lento, mas não precisou ser interrompido pela PRF (Polícia Rodoviária Federal).