Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Quinta, 6 de Maio de 2021

Policial

Um dia após assaltar dona de lotérica, bandido é preso com mais de R$ 12 mil

Comparsa está foragido.

Midiamax

10 de Dezembro de 2016 - 08:21

Deivid Mateus Gomes Saradio, de 22 anos, foi preso por assaltar a dona de uma lotérica em Maracaju, cidade distante 162 quilômetros da Capital, na última quarta-feira, dia 7. Ele foi preso na quinta-feira (8), com mais de R$ 12 mil em dinheiro.

Equipes do SIG (Setor de Investigações Gerais) conseguiram prender Deivid após descobrirem que ele e o comparsa Hélio Minhos Ruiz, de 19 anos, o ‘Helinho’, tinham cometido o assalto. Segundo os policiais, Hélio vigiou a lotérica por aproximadamente uma semana e estudou os horários de saída do malote.

Após planejar a ação, ele chamou Deivid para pilotar a motocicleta, uma Honda Fan placas HTR-4157. Na quarta-feira a dupla abordou a proprietária da lotérica, que levava o malote com o dinheiro, e Hélio, com uma arma em mãos, desceu da motocicleta e foi até a vítima. Ele a feriu com uma coronhada e roubou o malote.

Conforme o site Maracaju Speed, após o roubo a dupla fugiu e Deivid se livrou da moto nas margens do Rio Cachoeira. Ele foi encontrado e acabou preso com R$ 5.290 em dinheiro. Na residência dele, foram encontrados mais R$ 7.480 e munições de calibre restrito.

Deivid confessou o crime e levou os policiais até o local onde jogou a motocicleta, que foi apreendida. ‘Helinho’ segue foragido e já tem contra ele um mandado de prisão. A Polícia Civil pede que, quem tiver informações sobre o paradeiro do rapaz, entre em contato pelos telefones (67) 3454-1972, (67) 99663-3977 ou com a Polícia Militar pelo 190.

O roubo

A mulher de 42 anos procurou a polícia da cidade e relatou que eram 11h30 quando saia da lotérica para fazer um depósito. Ainda na frente do estabelecimento, ela foi surpreendida por dois homens em uma motocicleta preta. Com arma de fogo em punho, um deles anunciou o assalto e desferiu uma coronhada em sua cabeça.

Com a vítima ferida, os suspeitos aproveitaram para pegar a bolsa que estava com ela e fugiram levando um celular Sansung Galaxy S7, R$ 42 mil em dinheiro que pertencia a lotérica e mais R$ 3 mil de propriedade da mulher. Além disso, os documentos pessoais da vítima também foram levados.

O caso foi registrado como roubo majorado pelo emprego de arma, na Delegacia de Polícia Civil do município.