Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Segunda, 17 de Junho de 2024

Policial

Usuário de drogas mobiliza policia e funerária com "visão" da localização de cadáver

Ocorre que Eric Marques Almiron, de 29 anos, que teria visto o suposto corpo , estava nervoso e comportamento típico da síndrome da abstinência

Marcos Tomé/Região News

29 de Julho de 2012 - 18:09

Uma equipe da Policia Civil e Militar, acompanhada de agentes da funerária Pax Brasil de Sidrolândia, estevem por volta das 12 horas deste domingo numa fazenda denominada; Anta Perdida, localizada a acerca de 50 quilômetros da sede do município as margens da rodovia MS-162, entre Sidrolândia e Maracaju.

Policiais se deslocaram  para  desvendar o suposto crime na propriedade rural onde havia informações da localização de um corpo, aparentemente de um homem, em avançado estado de putrefação. Ao chegarem ao local, os policiais se depararam com uma situação um tanto quanto confusa.

Ocorre que Eric Marques Almiron, de 29 anos, que teria visto o suposto corpo, estava nervoso com  comportamento típico de quem está com síndrome de abstinência, provocada pela falta de algum tipo de substância química no organismo (drogas). Ele tremia, dizer estar com medo e a todo o momento afirmava estar sendo ameaçado de morte por alguém.

Funcionários da Fazenda Planalto, onde o jovem estava trabalhando para um empreiteiro, afirmaram que o rapaz passou a noite falando em morte e cadáveres. Pela manhã, ele teria ido até a propriedade vizinha (Fazenda Anta Perdida) e comunicado aos demais trabalhadores da existência do suposto corpo.

Segundo a Polícia Civil, o rapaz tem várias passagens pela Polícia, inclusive de furto na praça de Sidrolândia. Ainda assim, os policiais fizeram uma espécie de arrastão numa plantação de milho, apontada por Eric como sendo o local onde teria vista o corpo, mas, nada foi encontrado.