Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Quarta, 19 de Junho de 2024

Policial

Violência doméstica: Jovem acaba no presídio depois de jogar água quente em irmão de 13 anos

Tudo aconteceu no Bairro Iguatemi, saída para Cuiabá, por volta das 20 horas desta segunda-feira (17)

Midiamax

18 de Novembro de 2014 - 09:15

Uma confusão envolvendo uma mulher de 19 anos e seu irmão de 13 anos acabou na delegacia e a mulher foi denunciada por violência doméstica, lesão corporal e abandono de incapaz.

Tudo aconteceu no Bairro Iguatemi, saída para Cuiabá, por volta das 20 horas desta segunda-feira (17). Uma mulher, identificada como Bruna, de 19 anos de idade, foi denunciada pela mãe depois de ter jogado água quente no irmão, provocando queimaduras e também teria deixado o filho de 1 ano e 7 meses em casa.

A mãe, assustada com a situação do filho, acionou o Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) que por seu turno fez o comunicado à Polícia Militar que deteve Bruna e a encaminhou para a delegacia.

Enquanto aguardava ser encaminhada para o presídio feminino, pois foi presa em flagrante, Bruna deu a sua versão dos fatos. Ela disse que embora tenha 13 anos o irmão é usuário de drogas e que já havia retirado vários objetos de casa para sustentar o vício.

No episódio desta segunda-feira, segundo Bruna, ela teria comprado uma caixa de leite para o filho e deixado na geladeira. O irmão, na versão dela, para provocá-la tomou parte do líquido, iniciando uma discussão.

Em determinado momento ele teria tentado agredi-la e para se defender ela pegou a panela de água que estava no fogão e jogou na direção do irmão atingindo parte do rosto e corpo. Depois do episódio, ainda segundo a sua versão, ela saiu de casa para ver um emprego em um trailer de lanche próximo da sua casa. Neste meio tempo a mãe acionou o Samu e a polícia.

“Joguei a água pra me defender pois foi a primeira coisa que encontrei pela frente pois ele vinha pra cima de mim. Não queria machucar ninguém. Quanto ao abandono do meu filho, isso não existe. Minha mãe estava em casa e saí para ver um emprego ali perto”, afirmou.

Bruna concluiu ainda que o irmão constantemente se envolve em confusões tanto em casa quanto com vizinhos e que teria a proteção da mãe.