Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Domingo, 25 de Outubro de 2020

Policial

Vítima surra, domina e amarra assaltante até a chegada da Polícia Militar

O fato aconteceu quando Antônio tentou arrombar a sorveteria Gela a Guela por volta das 4 horas da manhã, localizada no cruzamento da Rua Ponta Porã com a Paraná.

Marcos Tomé/Região News

16 de Fevereiro de 2014 - 10:15

Foto: Internauta/Região News

O resultado de uma tentativa de assalto na madruga deste domingo no Bairro Jandaia em Sidrolândia não teve o fim esperado por Antônio Mendes de Sá, de 38 anos, que acabou sendo dominado, amarrado e levou uma “surra” da vítima que acordou durante a ação do bandido. O fato aconteceu quando Antônio tentou arrombar a sorveteria Gela a Guela por volta das 4 horas da manhã, localizada no cruzamento da Rua Ponta Porã com a Paraná.

Ademar Patel, de 45 anos, contou a reportagem do Região News que ouviu barulhos durante a madrugada no quintal de sua residência, que fica nos fundos do estabelecimento comercial. Dado momento, levantou-se para aferir portas, janelas e acabou saindo do interior da residência para inspecionar o restante do imóvel. Não satisfeito, resolveu dar uma volta no quarteirão em ronda para ver se avistava algum elemento suspeito.

Ele conta que aparentemente não percebeu nada de anormal, retornou a casa e voltou a deitar, mas antes que adormecesse a filha do casal, Daiane Paula Patel, de 18 anos, que estava dormindo num quarto ao lado, viu sua bolsa sendo levada pelo vão da janela. O meliante, de posse de um cabo de vassoura, tentou “pescar” a bolsa da jovem que amedrontada, chamou os pais.

http://i.imgur.com/mDqrXwQ.jpgPatel relata que viveu momentos de tensão com a família no interior da residência. “Fiquei enlouquecido dentro de casa. Abri uma janela pra ver se avistava alguém! Adivinha! Dei de cara com o marginal. Ele correu para o portão e eu, saí em sua captura. Antes que conseguisse pular a grade o derrubei no chão, entramos em luta corporal e consegui dominar o vagabundo”, conta.

Um homem não identificado passava pela Rua numa caminhonete, resolveu ajudar Patel quando foi lhe informado que a confusão se tratava de um ladrão. Logo, vizinhos e amigos da vítima se aproximaram. A Polícia Militar foi acionada e quando chegou ao local, Antônio Mendes de Sá estava amarrado pelas mãos e pés, com diversos ferimentos pelo corpo num dos esteios de sustentação da varanda da sorveteria.

O marginal já é figurinha carimbada nos meios policiais com várias passagens por roubo, furto e porte de armas. Esta é a segunda vez que tentam entrar na sorveteria de Ademar Patel. Há cerca de 90 dias outro caso semelhante chamou atenção da Polícia quando Patel dominou um rapaz que tentou assaltar o mesmo estabelecimento comercial.