Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Domingo, 5 de Dezembro de 2021

Política

PT manda dirigente nacional articular “casamento com o PMDB” em MS

Já o deputado federal Vander Loubet (PT) vê a aliança com bons olhos e até falou que há a possibilidade do governador André Puccinelli (PMDB) ser ministro para facilitar a composição.

Campo Grande News

04 de Outubro de 2013 - 15:49

O PT enviou um dirigente nacional para articular o “casamento com o PMDB” em Mato Grosso do Sul. Um dos principais dirigentes nacionais da sigla, Romênio Pereira, desembarcou, na tarde de hoje no Aeroporto Internacional de Campo Grande, para participar de encontros neste fim de semana.

“Se depender da direção nacional, vai ter casamento entre PT e PMDB em Mato Grosso do Sul”, afirmou Romênio, logo após ser recebido pelo presidente regional do PT no Estado, Marcus Garcia. Ele disse que o PT trabalha para ter aliança com o PMDB na maior parte dos estados brasileiros. O objetivo é reforçar a aliança para garantir a reeleição da presidente Dilma Rousseff (PT).

No entanto, a aliança enfrenta forte resistência no Estado. O vereador Zeca do PT, que foi governador por dois mandatos, avalia que a aliança pode prejudicar a candidatura de Delcídio do Amaral (PT) ao Governo em 2014.

Já o deputado federal Vander Loubet (PT) vê a aliança com bons olhos e até falou que há a possibilidade do governador André Puccinelli (PMDB) ser ministro para facilitar a composição.