Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Domingo, 9 de Maio de 2021

Política

Vereadora Vilma vai substituir ex- prefeito no comando do diretório

Vilma diz que o partido (com dois vereadores na Câmara Municipal) não pretende fazer oposição ao prefeito Marcelo Ascoli no Legislativo.

Flávio Paes/Região News

12 de Fevereiro de 2017 - 20:13

A vereadora Vilma Felini vai assumir a presidência do diretório do PSDB. Atual vice-presidente da Executiva Municipal dos tucanos, Vilma substitui na presidência o ex-prefeito Ari Basso que vai renunciar ao cargo para o qual foi eleito por aclamação em convenção realizada em 18 de maio de 2015. "Antes  da eleição Ari se licenciou do cargo, para disputar a eleição",  explica a vereadora.

O ex-prefeito foi escolhido como nome de consenso para presidir o diretório para evitar uma disputa interna já que surgiram reações à pretensão da vereadora Vilma de ser presidente, o que aumentaria suas chances de compor a chapa majoritária dá reeleição como candidata a vice-prefeita. Quem também pleiteava o posto era o ex-vereador Di Cezar.

Vilma diz que o partido (com dois vereadores na Câmara Municipal) não pretende fazer oposição ao prefeito Marcelo Ascoli no Legislativo. “Ele foi vice-prefeito pelo PSDB, além disso, tenho um relacionamento pessoal não só com ele, mas também com o pai dele. Nosso objetivo é trabalhar em favor de Sidrolândia. Vamos buscar recursos para a cidade", assegura.

Neste sentido, Vilma atuou para que a Prefeitura não perdesse uma emenda parlamentar de R$ 400 mil, do ex-senador Ruben Figueiró para compra de equipamentos para as unidades básicas de saúde. O recurso está disponível desde 2015, mas só foi encaminhada a compra de R$ 100 mil em ar-condicionado para as UBSFS.