Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Domingo, 20 de Setembro de 2020

Sidrolândia

34 famílias invadem área em frente a residencial de alto padrão em Sidrolândia

Desde as primeiras horas do dia, famílias montam barracos numa área de 2 hectares nas proximidades do condomínio Golden Residence.

Redação

11 de Outubro de 2019 - 09:18

Até agora foram identificadas 34 famílias que trabalham desde as primeiras horas do dia, na construção de barracos e delimitações dos lotes numa área de 2 hectares localizada numa área nobre da cidade de Sidrolândia.

Sob o argumento de que área pertence a União, os "sem teto" atearam fogo na área e deram início a ocupação. Segundo informações apuradas no local pelo RN, os invasores estariam sendo orientados por um advogado.

Motomo Babá, de 79 anos, contou a reportagem que a área está fora da faixa de domínio da antiga esplanada, é particular e vai acionar a Justiça. "Quando fiquei sabendo da invasão vim correndo pra cá. Isto aqui pertence a nossa família", conta.

Os proprietários chegaram acionar a Polícia Militar (PM) que esteve no local. Seu Motomo conta que a área pertencia ao primeiro prefeito da história de Sidrolândia, Epaminondas Rodrigues Brum. Com a morte da esposa, o ex-prefeito teria vendido metade da área para o neto, Enéias Rodrigues Brum e outra metade dos 20 mil metros quadrados, divido em parcelas para 10 herdeiros.

Segundo informações, as 2 hectares estariam em processo de inventário. "Se as autoridades não tomarem providências, Sidrolândia vai se tornar uma terra de ninguém. Não é possível que as instituições públicas cruzem os braços", ressalta.

Um dos herdeiros que não quis ser identificado, chegou a discutir com as famílias num momento de tensão. Ele ordenou aos invasalores que saíssem da área, houve princípio de tumulto, mas acabou recuando.