Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Sábado, 19 de Setembro de 2020

Sidrolândia

Aos 66 anos Sidrolândia mostra vigor econômico e maior crescimento populacional

A cidade tem a maior taxa de crescimento populacional de MS. Conforme estimativa, chegou a 57.665 moradores.

Flávio Paes/Região News

10 de Dezembro de 2019 - 15:25

A cidade de Sidrolândia que nesta quarta-feira chega aos 66 anos de emancipação político-administrativa com indicadores econômicos vigorosos, que colocam o município como segundo maior polo estadual de produção agrícola, o maior de avicultura, tem pela frente o desafio, de gerar emprego e renda para uma população que cresce na velocidade de 3% ao ano, mas com alta incidência de pessoas na faixa de miséria.

Numa cidade que está entre as 10 maiores economias do Estado, quatro em cada 10 moradores sobrevive com menos de R$ 500,00, ganha até meio salário mínimo.

A cidade tem a maior taxa de crescimento populacional de Mato Grosso do Sul. Em 2010, quando o IBGE fez o último censo, Sidrolândia registrou 42.132 habitantes. Conforme estimativa divulgada em agosto, chegou a 57.665 moradores, um incremento de 15.333 habitantes em 9 anos. Números que garantem a cidade a condição de sexta mais populosa do estado.

No vácuo deste crescimento econômico e demográfico, surgiram problemas na mesma dimensão. Cresceram as demandas por serviços públicos, sobretudo saúde. Há um déficit habitacional de pelo menos 3 mil moradias que deu margem ao surgimento de favelas. Tornar economicamente autossuficiente a maior parte das 4 mil famílias de assentados é outro desafio.

São desafios a serem vencidos, mas que o vigor econômico da cidade vai acelerar a superação. Em 15 anos a área plantada com soja e milho cresceu 400%, com potencial de chegar 280 mil hectares. Se consolidou como o maior produtor de frango do Estado e se prepara para diversificar sua matriz econômica com a chegada da suinocultura.