Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Quinta, 22 de Abril de 2021

Sidrolândia

Com Covid-19, diretor do Porfiria recorre à Justiça e não consegue vaga em Hospital

A família não conseguiu obter liminar da Justiça que obrigasse a Cassems garantir vaga no hospital do plano de saúde dos servidores públicos, em Campo Grande.

Flávio Paes/Região News

01 de Abril de 2021 - 15:28

Com Covid-19, diretor do Porfiria recorre à Justiça e não consegue vaga em Hospital
Professor José Mauro, diretor da Escola Municipal Porfiria do Nascimento. Foto: Arquivo/RN

A esposa, professora Maria Aparecida e a filha, Eliara do professor José Mauro, diretor da Escola Municipal Porfiria do Nascimento, vivem dias de angústia e aflição.  Internado no Hospital Elmíria Silvério Barbosa, com Covid-19, ele está com dificuldades respiratórias, seu quadro de saúde se agravou na quarta-feira, mas o professor reagiu.

A família não conseguiu obter liminar da Justiça que obrigasse a Cassems garantir vaga no hospital do plano de saúde dos servidores públicos, em Campo Grande. O filho mais velho, Andrey José, também contraiu o novo coronavírus. Ele conseguiu vaga e está internado na Capital.

A mulher e a filha dele também pegaram Covid-19, mas tiveram sintomas leves. Eliara está nos últimos dias de quarentena. Ela não tem a menor ideia como a família se contaminou. "Meu pai sempre tomou todos os cuidados. Usava máscaras, andava sempre com álcool em gel para higienização”, relata a jovem.

Ela e a mãe, se apegam na força da fé para se fortalecer e acreditar que o professor José Mauro vai superar este momento difícil. “É uma doença que não poupa ninguém. Todos estamos lidando com o desconhecido", comenta. Antes de ser internado, o professor de 57 anos, logo após testar positivo, fez uma tomografia que indicou o comprometimento de 35% da sua capacidade respiratória. O fato de ter sido fumante por mais de 40 anos, contribuiu para o agravamento do seu estado de saúde.