Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Quarta, 30 de Setembro de 2020

Sidrolândia

Daltro Fiúza escolhe Nelinho como vice e espera apoio dos candidatos do PSD

Marcos Tomé

15 de Setembro de 2020 - 11:23

Nélío Paim e Daltro Fiuza. Foto: Marco Tomé/Região News

Em convenção agora manhã na Câmara Municipal, o ex-prefeito Daltro Fiúza, foi oficializado como candidato do MDB à Prefeitura de Sidrolândia. O ex-secretário de Saúde, Nélio Paim, foi indicado como vice da chapa, por indicação do PSB. O ex-prefeito garantiu o apoio do PSL, que como não conseguiu indicar o vice do empresário Moacyr Almeida, candidato pelo Patriota, optou pela candidatura pemedebista, mas não vai lançar chapa de candidatos a vereador.

Também vai integrar a coligação, o Partido da República. Embora não tenha evoluído as negociações para uma coligação formal com o PSD, partido do prefeito Marcelo Ascoli, segundo Daltro, a maioria dos candidatos a vereador da legenda, vai apoiar sua candidatura.

Haviam especulações no sentido de que o ex-vereador Ademir Osiro, representando o PSD, seria o vice de Daltro, mas ontem à noite, ele anunciou pelas redes sociais a decisão de abandonar o processo eleitoral neste ano. Em relação ao risco de sua candidatura ser impugnada pela Justiça Eleitoral, Daltro Fiuza mostrou confiança que conseguirá homologação porque em nenhum dos processos é acusado de desvio de recursos públicos, de enriquecimento ilícito.

“Para o enquadramento na lei da ficha limpa é necessário o trânsito em julgado, com condenação por enriquecimento ilícito, apropriação de recursos públicos”, reforçou. Na hipótese de seu nome ser impugnado, o MDB vai indicar um novo nome para disputar a prefeitura.