Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Segunda, 21 de Setembro de 2020

Sidrolândia

Decreto fecha bares e proíbe abertura de supermercados aos domingos

As restrições, que integram o conjunto de medidas destinadas a reduzir aglomerações, são para forçar o isolamento social.

Flávio Paes/Região News

20 de Março de 2020 - 13:57

Junto com a instituição do toque de recolher entre 20 horas e às 4 horas da madrugada do dia seguinte, o decreto 069/2020, assinado pelo prefeito de Sidrolândia, Marcelo Ascoli, determina o fechamento dos bares e proíbe o funcionamento aos domingos dos supermercados, mercearias, conveniências e estabelecimentos congêneres.

As restrições, que integram o conjunto de medidas destinadas a reduzir aglomerações, são para forçar o isolamento social para tentar quebrar a cadeia de transmissão do coronavírus, abrangem lanchonetes e padarias que a partir de agora não poderão mais servir os  lanches que os clientes terão de consumir no carro (se tiverem) ou em casa.

Os restaurantes terão de readequar o posicionamento das mesas de modo de modo que nenhum consumidor fique a menos de 1,5 metro de distância um do outro. Precisarão reforçar a higienização do ambiente, oferecer álcool em gel e adequar os bebedouros para que tenham anteparo salivar. Também se recomenda aos donos dos estabelecimentos que organizem o atendimento de forma a não haver aglomeração.

O setor de alimentação deverá oferecer por tempo indeterminado o serviço de entrega domiciliar (delivery).

Durante o toque de recolher, esse fim de semana os delivery serão autorizados a circular para fazer as suas entregas, mas a partir de segunda-feira (23/03), o dono do estabelecimento deverá comparecer na Vigilância em Saúde, na Rua Targino de Souza Barbosa, nº 181, centro, para obter uma carteira que vai permitir manter as entregas após às 20 horas. O decreto também proíbe ambulantes de outras cidades de comercializarem seus produtos na cidade.