Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Quarta, 21 de Abril de 2021

Sidrolândia

Definida empresa que vai fazer o projeto executivo do asfalto para o Capão Bonito

Flávio Paes/Região News

27 de Outubro de 2020 - 09:26

Definida empresa que vai fazer o projeto executivo do asfalto para o Capão Bonito
Deputado Gerson Claro durante visita a estrada no Assentamento Capão Bonito. Foto: Divulgação

A Polo MS Engenharia e Geotecnologias Ltda, empresa com sede em Campo Grande, venceu a licitação na modalidade tomada de preços e vai ser responsável pela elaboração do projeto executivo, com estudo de viabilidade técnico-econômica e ambiental, da implantação e pavimentação da estrada vicinal que vai ligar a MS-162 (saída para Maracaju) a estrada da Gameleira, a MS-455, passando pelo Assentamento Capão Bonito. O projeto vai custar R$ 356.404,94, valor aproximadamente 28,71% abaixo do orçamento de referência, R$ 500 mil.

Segundo o deputado Gerson Claro, que conseguiu incluir a estrada no planejamento de investimento do Fundersul, o projeto executivo é o primeiro passo para obra se viabilizar, porque vai mostrar, não só o orçamento, mas principalmente vai mensurar o volume de tráfego, o impacto econômico e social da estrada que beneficia diretamente 2.500 famílias de assentados, além de cortar uma região com grande produção de soja, milho, além de aviários.

Sua conexão com as rodovias estaduais MS-455 (estrada da Gameleira) e 258 (BR-060/Capão Seco/BR-163), abre caminho para um futuro eixo rodoviário que ligará Maracaju a Campo Grande pela Gameleira e a Nova Alvorada do Sul, pela MS-258.

O governador Reinaldo Azambuja planeja executar ainda na sua gestão o primeiro trecho, aproximadamente 12,5 km, entre a MS-162 e a sede do Assentamento Capão Bonito. Em janeiro deve começar o asfalto do trecho final da MS-258, entre o Distrito Capão Seco e a BR-163.