Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Quinta, 2 de Dezembro de 2021

Sidrolândia

Em audiência pública, fica definido que extensão da UEMS será no Pedro Aleixo com 7 cursos

As aulas serão ministradas no período noturno no prédio da Escola Municipal Pedro Aleixo. Hoje quase mil estudantes fazem curso superior.

Redação/Região News

21 de Outubro de 2021 - 09:56

Em audiência pública, fica definido que extensão da UEMS será no Pedro Aleixo com 7 cursos
Plenário da Câmara Municipal ficou lotado por autoridades, estudantes e pessoas da comunidade. Foto: Marco Tomé/RN

A partir do segundo semestre de 2022 já deve estar em funcionamento o polo de Sidrolândia da Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul (UEMS) que começará com 7 cursos presenciais e semipresenciais. As aulas serão ministradas no período noturno no prédio da Escola Municipal Pedro Aleixo.

Em princípio seriam oferecidos os cursos de Direito, Administração, Matemática, Logística em Transportes, Tecnologia em Gestão Comercial, Administração e Tecnólogo em Logística. Também estarão disponíveis os cursos à distância (Administração Pública, Pedagogia e Ciências Sociais).

Nesta quarta-feira o plenário da Câmara Municipal ficou lotado por autoridades, estudantes do ensino médio e pessoas da comunidade em geral, que foram prestigiar a audiência pública para debater a implantação na cidade de um polo da UEMS, um anseio antigo da cidade. Hoje quase mil estudantes de Sidrolândia fazem curso superior na Capital e em Maracaju.

Segundo o reitor da UEMS, Laércio Alves de Carvalho, a criação de novos cursos depende da aprovação das diversas instâncias de decisão da Universidade, daí a expectativa de que o processo de aprovação só esteja concluído em meados do ano que vem. No caso da implantação do curso Direito, uma das exigências (um núcleo de pratica jurídica) foi atendida de pronto pelo juiz Fernando Moreira Freitas, que deu aval para o núcleo funcionar nas dependências do Fórum.

O deputado Gerson Claro, que está empenhado na implantação da extensão, tem feito gestões junto ao governador Reinaldo Azambuja para destinar recursos do orçamento de 2022 para UEMS instalar a extensão.

A presidente da Câmara, Juscinei Claro, que esteve empenhada pessoalmente na organização da audiência, afirma que a chegada da Universidade Estadual “é uma conquista histórica de Sidrolândia”.