Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Domingo, 20 de Setembro de 2020

Sidrolândia

Em nota, JBS ignora caso de funcionário infectado e se limita em afirmar que cumpre medidas de segurança

Na nota a empresa, reafirmou que segue o protocolo de segurança elaborado pelo Hospital Albert Einstein.

Flávio Paes/Região News

08 de Maio de 2020 - 09:19

Em nota, JBS ignora caso de funcionário infectado e se limita em afirmar que cumpre medidas de segurança

A assessoria de imprensa da JBS em nota enviada à redação do Região News, ignorou o caso de dois funcionários da unidade de Sidrolândia, o casal William e Elen, que ao retornarem ao trabalho na última segunda-feira à noite, após 13 dias de licença não remunerada, foram colocados em quarentena domiciliar. O funcionário testou positivo para o Covid-19, enquanto a mulher, embora assintomática, coletou material e aguarda o resultado do exame.

Na nota a empresa, cuja a gerência local se reuniu nesta quinta-feira com representantes dos Sindicatos, reafirmou que segue o protocolo de segurança elaborado pelo Hospital Albert Einstein, que mantém uma consultoria clínica com a empresa. Não esclareceu por exemplo, algumas informações desencontradas que circulam pela cidade.

Com base no relato dos delegados sindicais que trabalham no turno noturno, os dois funcionários não foram submetidos à aferição da temperatura corporal ao ingressarem na empresa; estavam sem máscaras; cruzaram pela passarela de acesso (que tem 1,5 metro de largura) com funcionários que deixavam a indústria, porque havia encerrado o turno de trabalho. Ambos circularam pelos vestiários, onde foram colocar uniformes e a funcionária, teria inclusive abraçado algumas colegas.

Confira nota da JBS/SEARA

“A proteção dos colaboradores é o principal objetivo e prioridade absoluta para a JBS. Desde o início da pandemia da Covid-19, a empresa vem adotando medidas para garantir a segurança, saúde e prevenção para todos os seus colaboradores. As ações adotadas pela JBS seguem as normas e recomendações técnicas dos órgãos de saúde do Brasil e do mundo, além de estarem em total conformidade com as orientações da consultoria clínica do Hospital Albert Einstein e de médicos especializados em Infectologia, que foram contratados especialmente para apoiar na construção de um protocolo robusto da empresa contra a Covid-19 para todas as suas unidades". Todas essas ações já foram implementadas e estão em vigor, a saber:

Afastamento de pessoas que fazem parte do grupo de risco como maiores de 60 anos, gestantes e todos os que tiveram recomendação médica; antes disso, cruza

- ampliação da frota de transporte;

- desinfecção diária das unidades;

- medição de temperatura de todos antes do acesso às fábricas;

- vacinação contra gripe H1N1 para 100% dos colaboradores;

- ações de distanciamento social;

- forte comunicação de prevenção e cuidados, entre outras.