Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Sábado, 26 de Setembro de 2020

Sidrolândia

Em Sidrolândia, IPTU/2020 terá reajuste de 2,72%, o menor índice em 4 anos

A Secretaria de Fazenda vai aplicar um reajuste linear de 2,72% na base de cálculo do imposto. Vencimentos começam em abril.

Flávio Paes/Região News

26 de Dezembro de 2019 - 14:22

Em Sidrolândia, IPTU/2020 terá reajuste de 2,72%, o menor índice em 4 anos

O contribuinte sidrolandense vai pagar em 2020 o IPTU com o menor reajuste em 4 anos. A Secretaria de Fazenda vai aplicar um reajuste linear de 2,72% na base de cálculo do imposto, percentual que corresponde a inflação acumulada de novembro de 2018 a novembro de 2019, medida pelo IPCA E. O calendário de pagamento, que começa em abril, foi divulgado dia 6 de dezembro no Diário Oficial. Aproximadamente 12 mil carnês começam a ser distribuídos em março.

Nos últimos 4 anos, o imposto que passou por mudanças na planta genérica com a redução do perímetro da área mais cara, o Setor A, acumulou uma correção de 20,78%, índice superior ao IPCA-E do período que ficou em 10,44% e ao INPC, 9,20%. A Prefeitura trocou de indexador de correção (neste ano foi o INPC), com isto, livrou o contribuinte de um aumento de 3,22%, que foi a variação no mesmo período (de novembro de 2018 a 2019) do Índice Nacional de Preços ao Consumidor. Neste ano a correção foi de 4%. Em 2018 de 3,99% e em 2017, 8,73%.

Ano passado a Prefeitura alterou a planta genérica, mudando a setorização dos imóveis e restringindo o setor A (o mais valorizado) aos localizados na Avenida Dorvalino dos Santos, entre as ruas Ponta Porã e Rio de Janeiro, garantindo assim redução de até 61% no valor do imposto. A base de arrecadação aumentou porque houve a cobrança sobre 1.334 terrenos de três loteamentos (Residencial do Lago, Portal das Flores e Vival dos Ypês). A arrecadação fechou em R$ 4 milhões, além de ter havido o recebimento de R$ 1,9 milhão em juros e do principal do imposto em atraso.

Com a mudança da setorização, o imóvel do contribuinte (que foi reclassificado do setor A para o B), que ano passado teve um IPTU de R$ 1.218,00, com 20% de desconto, pagou R$ 974,00. Neste ano, o valor caiu para R$ 753,80 (redução superior 61%) caso parcele, e se pagar à vista fica R$ 527,00, uma redução de quase 40%. Outros setores também tiveram redução nos valores do IPTU em 2018, entre os quais estão; Bairro Cascatinha, Jardim Paraíso, Rua João Márcio Ferreira Terra e Avenida Antero Lemes da Silva.

Quem mora na Rua João Márcio Ferreira Terra que recebeu um IPTU de R$ 753,80 o ano passado, esse ano vai vir em torno de R$ 559,00 e se pagar à vista será R$ 391,00, em torno de 40% a menos.

Calendário de pagamento à vista com desconto de 20%

10 de abril de 2020

Parcelado em 3x

Desconto de 10%

  1. a) Vencimento da primeira parcela em 10 de abril de 2020;
  2. b) Vencimento da segunda parcela em 10 de maio de 2020;
  3. c) Vencimento da terceira parcela em 10 de junho de 2020;

III – Parcelados em 5x: sem desconto

  1. a) Vencimento da primeira parcela em 10 de abril de 2020;
  2. b) Vencimento da segunda parcela em 10 de maio de 2020;
  3. c) Vencimento da terceira parcela em 10 de junho de 2020;
  4. d) Vencimento da quarta parcela em 10 de julho de 2020;
  5. e) Vencimento da quinta parcela em 10 de agosto de 2020.