Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Sábado, 31 de Julho de 2021

Sidrolândia

Empresário passou pela praça, abordou amigo e acabou preso na confusão em comitê

Flávio Paes/Região News

12 de Junho de 2021 - 10:50

Empresário passou pela praça, abordou amigo e acabou preso na confusão em comitê
Confusão perto do comitê de campanha do candidato do PSDB. Foto: Divulgação

O empresário Ueverton da Silva Macedo acabou preso, algemado e levado para delegacia supostamente porque estava com um simulacro de arma durante tumulto sexta-feira na praça São Bento, perto do comitê de campanha do candidato do PSDB, Enelvo Felini.

O candidato tucano acusa Frescura, como é conhecido de ter se infiltrado entre os cabos eleitorais que se aglomeravam em frente da praça à espera de respostas sobre quando receberiam.

Segundo Frescura, ele passava de carro pela praça quando parou para conversar com um amigo. Neste instante, foi abordado pelas guarnições da Polícia Militar que foram atender a ocorrência no comitê. Foi colocado no banco de traz, algemado, porque o cadeado da "gaiola" da viatura estava emperrado.

Na delegacia um dos policiais apresentou o simulacro de arma que supostamente estava com Frescura, que o empresário jura não ser dele. Ueverton foi ouvido e colocado em liberdade.