Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Segunda, 21 de Setembro de 2020

Sidrolândia

Entidade compra 5 hectares no Jardim Paraíso para construir condomínio de 304 apartamentos

O empreendimento é projetado para uma área de 5 hectares no Jardim Paraíso, a 400 metros do Frigorífico Balbinos.

Flávio Paes/Região News

09 de Junho de 2020 - 13:33

A Conssol, uma entidade de interesse social que atua no segmento da habitação popular, planeja construir em Sidrolândia um condomínio com 304 apartamentos, destinado a famílias com renda de R$ 2.500,00. O empreendimento é projetado para uma área de 5 hectares no Jardim Paraíso, a 400 metros do Frigorífico Balbinos. O investimento previsto é de R$ 45 milhões.

Se o projeto, que foi apresentado ao prefeito Marcelo Ascoli nesta segunda-feira, sair do papel, será o primeiro projeto de habitação popular construído na cidade desde 2014, quando o Governo do Estado entregou as casas do Altos da Figueira. Até agora não foi adiante o projeto da Engepar Engenharia de construir 212 apartamentos e 41 casas numa área de 6 hectares no Diva Nantes, adquirida pela Prefeitura.

Segundo Wladimir Nunes dos Santos, da Conssol, serão apartamentos de 48 a 50 metros de área construída, distribuídos em 19 blocos casa um com 16 apartamentos. O condomínio terá sistema de captação de águas pluviais com cisternas para reaproveitamento da água da chuva, área de lazer, com uma pista de caminhada de 900 metros, quadra poliesportiva, 4 quadras de areia, quiosques para churrasco.

Após aprovação na Prefeitura, a Conssol que já entregou empreendimentos e está construindo outros na Capital, vai buscar aprovação do financiamento na Caixa Econômica Federal. Se conseguir recursos do Fundo de Desenvolvimento Social do Ministério do Desenvolvimento Regional, os apartamentos que terão custo médio de R$ 140 mil, o Governo Federal subsidia mais de 90%, saindo para os beneficiários por R$ 15 mil, valor a ser pago com prestações de R$ 100,00.