Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Domingo, 27 de Setembro de 2020

Sidrolândia

Estado condiciona ao aval da Prefeitura lotes urbanizados para sem teto

Proposta de lotes urbanizados aos sem teto, vai depender do aval da Prefeitura para o Governo aderir a parceria.

Flávio Paes/Região News

04 de Novembro de 2019 - 18:12

Estado condiciona ao aval da Prefeitura lotes urbanizados para sem teto

A proposta de oferecer ao sem-teto que há um ano estão em 4,5 hectares da antiga esplanada ferroviária de Sidrolândia, lotes urbanizados, vai depender do aval da Prefeitura para o Governo aderir a parceria.

Foi o que a secretária estadual de Habitação, Maria do Carmo Avezani, deixou claro ao receber nesta segunda-feira ao deputado Gerson Claro e uma comissão de vereadores liderada pelo presidente da Câmara, Carlos Henrique, além de representantes das famílias.

A secretária deixou claro que para o governo do Estado entrar com a partida dos lotes urbanizados, há necessidade de a Prefeitura procurar o Serviço de Patrimônio da União, manifestar interesse pela área para desenvolver lá um projeto habitacional. A partir daí é que o processo de regularização da posse aconteceria com base na lei federal da regularização urbana.

O presidente da Câmara, Carlos Henrique, pretende pedir audiência com o prefeito Marcelo Ascoli para pedir o engajamento do município na busca de solução para o problema. Deve ser apresentada indicação na sessão da Câmara desta terça-feira, endereçada ao Executivo e à SPU para que se busca uma saída pacífica para o problema.