Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Terça, 22 de Setembro de 2020

Sidrolândia

Estado libera só R$ 163,9 mil para ações contra Covid-19 e prefeitura pode usar R$ 1,9 milhões de emendas

O recurso frustrou as expectativas da Secretaria Municipal de Saúde que tinha expectativa de obter um maior de recursos ou de equipamentos por exemplo, a instalação de tendas.

Flávio Paes/Região News

27 de Março de 2020 - 17:03

A Secretaria de Saúde de Sidrolândia vai receber R$ 163 .940,00, parcela de um total de R$ 7,8 milhões repassados pelo Ministério da Saúde para a Secretaria Estadual de Saúde. O Estado fará o rateio entre os 79 municípios, na proporção de R$ 2.84 per capta por morador. O dinheiro será aplicado para compra de equipamentos de proteção individual que serão utilizados pelos trabalhadores da saúde.

O recurso frustrou as expectativas da Secretaria Municipal de Saúde que tinha expectativa de obter um maior de recursos ou de equipamentos por exemplo, a instalação de tendas em frente da UPA e do Hospital Elmiria Silvério Barbosa para a triagem dos pacientes com sintomas de gripe e resfriados, muito semelhantes ao coronavírus.

Algumas cidades do porte populacional de Sidrolândia, como Aquidauana, já montaram essas estruturas. Com a decretação da situação de emergência em saúde, que permite aquisições sem licitação por 180 dias, a prefeitura terá como alternativa usar R$ 1,9 milhões em emendas parlamentares alocadas pela bancada federal para custeio e aquisição de equipamentos e ambulâncias.

Portarias do Ministério da Saúde autorizaram os municípios usarem recursos destas emendas para ações de combate ao coronavirus. Há também uma emenda de R$ 500 mil da senadora Soraya, que poderá ser repassada ao Hospital Elmiria Silvério Barbosa. Outra possível fonte de receita é a devolução de R$ 200 mil do orçamento da Câmara para aquisição de insumos ou equipamentos destinados ao hospital.