Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Quinta, 1 de Outubro de 2020

Sidrolândia

Expansão da rede de esgoto será reiniciada pelo Bairro Pé de Cedro

O serviço será reiniciado pelo Pé de Cedro e em seguida será levado as ruas que a Prefeitura planeja asfaltar e recapear.

Redação/Região News

18 de Fevereiro de 2020 - 13:37

Paralisada desde outubro do ano passado, portanto há 4 meses, a expansão da rede de esgoto em Sidrolândia, será retomada na próxima semana pela Log Engenharia. A empresa, segunda colocada na licitação, assumiu a obra após a rescisão do contrato com a Artec Engenharia. O serviço será reiniciado pelo Bairro Pé de Cedro e em seguida será levado as ruas que a Prefeitura planeja asfaltar e recapear neste ano.

Enquanto executou o serviço, a Artec provocou transtornos, demorou para recuperar os trechos danificados do asfalto e em algumas regiões sem asfalto, a Prefeitura teve de recompor a terraplanagem. Fornecedores ficaram sem receber e alguns funcionários recorreram à Justiça para receber.

Na manhã desta terça-feira dirigentes da empresa, acompanhadas de representantes da Sanesul, se apresentaram ao prefeito Marcelo Ascoli para ouvir dele, o cronograma das obras que deverão estar concluídas em 12 meses.

A Log Engenharia assumiu o saldo de contrato da Artec Engenharia (R$ 132.314.867,71) que só executou 19% da obra previsto. Dos 86 quilômetros de rede de esgoto previstos, a Artec só implantou 16 quilômetros e 973 ligações domiciliares das 4.558 programadas. Falta ainda fazer 70 km de rede, 3.585 ligações, além de três estações elevatórias.

O projeto de expansão da rede de esgoto em Sidrolândia prevê um investimento total de R$ 15.420.296,45, recurso de um financiamento que a Sanesul contratou na Caixa Econômica Federal, linha de crédito do FGTS. Atualmente a cidade dispõe de aproximadamente 2 quilômetros, com 713 ligações, o que corresponde a 10% de cobertura da população.

A Estação de Tratamento de Esgoto tem capacidade para tratar 30 litros de esgoto por segundo. A expansão da rede vai cobrir praticamente toda a parte alta da cidade no quadrilátero formado pelas ruas Mato Grosso, Ponta Porã, Aquidaban e Antero Lemes.